28 de jun de 2012

Mais quatro ótimos discos de 2012

E vamos lá com mais algumas interessantes indicações que possivelmente entrarão nas listas de final de ano. Baixe, compre, empreste, roube, mas não deixe de ouvir!


Dr. John - Locked Down
O caldeirão sonoro desse tiozão maluco de New Orleans sempre foi bastante recheado de blues, funk, R&B, pop e rock, sendo esse último predominante no novo álbum, talvez por culpa da produção que ficou a cargo do guitarrista e vocalista da ótima banda Black Keys, Dan Auerbach. Discaço que entra no toca discos e não tem pretensão alguma de sair.


Mark Lanegan Band - Blues Funeral
Sétimo álbum do vocalista da extinta Screaming Trees, uma das grandes bandas da época do Grunge. Com um estilo de cantar inconfundível, esse americano de Seattle lança um álbum introspectivo com doses fortes de blues, rock e pitadas eletrônicas em faixas isoladas, um tanto quanto diferente dos anteriores. Belíssimo disco.


Leonard Cohen - Old Ideas
O trovador canadense lança disco de inéditas após oito longos anos e depois de um lindo álbum duplo ao vivo em Londres. Está tudo ali, o vozeirão, o conteúdo das letras, o instrumental, tudo na peculiaridade desse que já é uma das figuras mais importantes do folk rock mundial. Melodias grudentas fazem do disco um sucesso de vendas por onde foi lançado. Obrigatório.


Tedeschi Trucks Band - Everybody's Talkin'
Magnífica banda de onze super instrumentistas que lançou um dos melhores álbuns de 2011 e fez um super show no Brasil, durante o SWU. Lança agora um duplo ao vivo mostrando porque deixou de ser revelação e hoje é uma realidade. Contando com o casal Susan Tedeschi e Derek Trucks (ex-Allman Brother Band), que tem carreiras solo bem interessantes, a banda faz seu blues-rock característico na melhor forma possível.


26 de jun de 2012

10 discos para conhecer o KRAUTROCK

Krautrock é a denominação dada a esse estilo musical vindo da Alemanha nos anos 70, algo entre o rock progressivo, o psicodélico e o experimental, ou todos de uma só vez, seja utilizando instrumentos habituais ou com adição de elementos eletrônicos. Nesse post o blog vai dar dicas de 10 álbuns para os iniciantes que querem se aventurar nesse rico universo musical. Alguns podem discordar de certas indicações, por não ser o melhor álbum ou o disco clássico de tal banda, mas procuramos colocar o título mais acessível (ou por mero desconhecimento de toda a discografia de algum grupo). Para os marinheiros de primeira viagem é um prato cheio.
  

Triumvirat - Spartacus (1975)
Terceiro e melhor disco da banda, fãs de ELP se identificam com o som cheio de piano e solos de Moog. Melodias certeiras e letras cheias de histórias temáticas. Ótimo pra iniciar a pesquisa krautrockiana!





Can - Tago Mago (1971)
Um clássico do krautrock e do hard setentista. Som mais direto e garageiro, baterias com loops psicodélicos fazem a festa no quarto disco dessa banda de Colônia, obrigatório.


Neu! - Neu! (1972)
Qualquer um dos três discos setentistas desses caras podiam estar na lista, ficamos com o poderoso debut. Viagem sonora, simplicidade minimalista e experimentações são a alma desse disco, arrisque!


Lucifer´s Friend - Lucifer´s Friend (1970)
Outro que é presença obrigatória nas listas de hard setentista. Hard Rock da melhor qualidade com  peso anunciando o que viria a ser chamado de Heavy Metal.


Kraftwerk - Autobahn (1974)
Quarto disco da influente banda de synthpop. Foi o primeiro álbum a atingir as paradas mundiais e levar o som eletrônico da banda para outras fronteiras.


Birth Control - Hoodoo Man (1972)
Disco obrigatório dessa bandaça, uma das melhores que o país já produziu nos anos 70. Uma mistura virtuosa de guitarra e órgão Hammond com uma cozinha potente que tem ajuda de uma percussão afiada.


Tangerine Dream - Phaedra (1974)
Essa banda você precisa de uma nova vida pra poder ouvir toda discografia já gravada por eles, devido a grande quantidade de álbuns de estúdio, ao vivo, eps e trilha-sonoras existentes. Um transporte por outras dimensões é o que proporciona essa banda. Tecladistas a todo vapor se revezando nas loucuras instrumentais impostas pelo som dos caras, pra ouvir com camisa de força.


Faust - IV (1973)
Com um som mais experimental, a banda já gravou álbuns excepcionais. Esse disco recebeu criticas e notas máximas em todo meio especializado.


Amon Duul II - Yeti (1970)
Lançado originalmente em LP duplo, mesclando músicas curtas com longas suítes progressivas. O grupo surgiu da dissidência da antiga Amon Duul. Psicodelismo  de extremo bom gosto.


Cluster - Soweisoso (1976)
Projeto experimental eletrônico desses malucões de Berlim. Os discos eram diferentes entre eles, mas todos com um sabor avant-garden no recheio.


21 de jun de 2012

Lançamentos da semana (17 a 21 de Junho)

 The Allman Brothers Band - A & R Studios: NY 26th August 1971

 Best Coast - The Only Place

 Bon Iver - Itunes Session

 Fiona Apple - The Idler Wheel...

Kasabian - Live!

 Linkin Park - Living Things

Lita Ford - Living Like a Runaway

 Los Campesinos - Heat Rash #3

 Manowar - The Lord of Steel

 Maroon 5 - Overexposed

Nile - At the Gates of Sethu

 The Flower Kings - Banks of Eden

The Offspring - Days go By

Turbonegro -  Sexual Harassment

The Walkmen - Heaven

19 de jun de 2012

Será?



Boatos de que o novo vocalista do Angra seria Bruno Sutter, o Detonator, da banda-paródia Massacration, estão cada vez mais fortes. Recentemente o vocalista subiu ao palco e cantou algumas músicas com Felipe Andreoli e Kiko Loureiro, entre elas "Nothing to say". Bruno integra as bandas Death Tribute, tocando covers da ótima banda do falecido Chuck Schuldiner e assumiu temporariamente os vocais da Children of the Beast, provavelmente uma das melhores bandas covers do Iron Maiden no Brasil.

Preconceitos a parte, o cara manda bem em cima do palco e é dono de uma voz privilegiada, pois como já foi dito, ele canta em duas bandas de vertentes distintas do metal, e dá conta, e muito, do recado, duvida? Busque videos no Youtube e confira. Outros nomes como Renato Tribuzy, o favorito aqui da casa, e André Matos também estão cotados para assumir o posto que Edu Falaschi deixou vago há mais ou menos um mês.


Fonte: Whiplash

13 de jun de 2012

Box do Allman Brothers Band

Uma das melhores bandas do rock do anos 60, e ainda na ativa, lança uma coletânea luxuosa em formato digipack com 50 músicas distribuídas em 3 discos. Os maiores clássicos da banda estão presente no box, imperdível para quem não conhece a banda ou colecionadores completistas.


Disco 1
1. Dreams
2. Don’t Want You No More
3. Whipping Post
4. Midnight Rider
5. In Memory of Elizabeth Reed
6. Revival
7. Don’t Keep Me Wonderin’
8. Hoochie Coochie Man
9. Statesboro Blues
10. One More Ride
11. Drunken Hearted (Live)
12. Melissa
13. Trouble No More
14. Little Martha
15. One Way Out
16. Blue Sky
17. Wasted Words
Disco 2
1. Jessica
2. Southbound
3. Ramblin’ Man
4. Pony Boy
5. Can’t Lose What You Never Had
6. Win, Lose of Draw
7. Crazy Love
8. Just Ain’t Easy
9. Sail Away
10. Need Your Love So Bad
11. Angeline
12. Straight From the Heart
13. Good Clean Fun
14. Low Down Dirty Mean
15. All Night Train
Disco 3
1. Shapes of Things
2. Crossroads
3. Cast Off All My Fears
4. Ain’t No Good To Cry
5. Goin Down Slow
6. Midnight Rider
7. These Days
8. Queen of Hearts
9. Long Time Gone
10. Highway Call
11. Cryin’ Shame
12. Brightest Smile In Town
13. Good Time Feeling
14. I’M No Angel
15. It’s Not My Cross To Bear
16. Before the Bullets Fly
17. Duane’s Tune
18. The Dark End O Fthe Street

12 de jun de 2012

Seis melhores discos do primeiro semestre de 2012, na opinião do Blog.

Repetindo os anos anteriores, o mundo da música está fervilhando em criatividade e bom gosto. Ótimos discos sendo lançados mensalmente e já figurando como candidatos a melhores nas listas especializadas.  Sem muitos mimimis segue os seis melhores álbuns do primeiro semestre, tem pra tudo e pra todos. Não resenhar os discos, apenas curtos comentários, ouçam e tirem suas próprias conclusões.

Jack White - Blunderbuss
O cara já pode ser considerado o grande nome da música dos últimos anos, desde projetos em bandas próprias, paralelas, produções, etc. Dono da gravadora Third Man Records, onde prioriza o lançamento em vinis coloridos e limitadíssimos, Mr. White lança um álbum que vai agradar a gregos e troianos, com um leque enorme de estilos dentro da obra.

Michael Kiwanuka - Home Again
Soul da melhor safra, o cantor britânico de 24 anos lança seu debut e é elogiado por críticos de todo o mundo. Dono de uma voz imponente, lançou 3 singles via iTunes ano passado e início desse ano. Se 2012 foi o ano de Adele, esse ano tem tudo pra ser o ano de Michael. Incrível como o neo-soul vive uma fase estonteante, com figuras como Adele, Charles Bradley e Sharon Jones lançando discos sensacionais nos últimos anos.

Slash - Apocalyptic Love
Depois de um competente disco em 2010, o guitar hero lança um ótimo disco conseguindo até tornar o ex vocalista do Alter Bridge bom de ser ouvido. Tirando todas as nuances que seu instrumento pode apresentar, Slash demonstra a mesma pegada rocker e a mesma técnica apuradíssima de outrora. Discaço que vai ficar anos na cabeceira dos roqueiros.

Alabama Shakes - Boys & Girls
A mais nova revelação musical é essa banda americana. Eles não tem a menor prepotência, vontade ou audácia de salvar o rock, seja lá o que isso quer dizer, mas fazem um blues-rock, ora southern, ora garage, ora soul da melhor qualidade possível. Uma pequena obra prima e um tapa na cara dos corneteiros saudosistas de plantão.

Rush - Clockwork Angels
Não tem muito o que falar de uma banda que não precisa provar mais nada pra ninguém e que continua lançando bons petardos no mercado. Vigésimo disco de estúdio da banda canadense. E pra quem for chiar dizendo que nada supera os discos clássicos, os mais antigos, blá blá blá, parem de chorar e ouçam o ábum e aproveitem para ir atrás dos outros discos mais recentes.

Soulfly - Enslaved
Será que Max Cavalera lançou o melhor disco da carreira da banda? Se a intenção não foi essa, o cara estava bem inspirado na criação do oitavo álbum do Soulfly, que fala por si só. Pedradas do início ao fim, se juntando ao Machine Head e ao Mastodon como as melhores bandas de metal atualmente.